ALTO NÍVEL DO HANGOUT SOBRE TSE, VOTO IMPRESSO, SMARTMATIC E AÇÕES CIVIS

Foi realizado neste dia 04/02, na página do Conclave pela Democracia, um hangout (conferência vivo, via internet) para debater os assuntos mais recentes sobre a luta que ativistas e movimentos estão promovendo por eleições honestas no Brasil, uma vez que as urnas eletrônicas não dão possibilidade de auditoria, por falta de contra-prova física, como o voto impresso ou cédula de papel.

O evento foi organizado por Cláudio Tonelli, especialista em sistemas de informação em TI, tendo como participantes Dalmo Accorsini, diretamente da Flórida (EUA) quem iniciou o Conclave pela Democracia, chamando a atenção para a questão Smartmatic, Dra. Maria Aparecida Cortiz, advogada especializada em sistemas eleitorais que tem anos de história na luta por métodos de auditoria com cotra-prova das eleições, Dra. Cláudia Castro (Instituto Resgata Brasil – Brasília), Thomas Korontai, Coordenador do Convergências e autor da Ação Popular que busca obrigar o TSE a cumprir a lei 13.165/15 em combinação com a própria resolução/TSE que normatiza a substituição das urnas fora da conformidade par votação, substituindo-as por cédulas de papel, membros do Avança Brasil, do Movimento Rua Brasil e outros movimentos em Brasília e Hugo Hoesht, especialista em informação e pesquisa, um dos fundadores do Conclave pela Democracia.

Os participantes foram unânimes na pergunta que ficou no ar: “porque nenhum político está lutando por eleições honestas no Brasil?”

Outro tema foi a produção da ata da última audiência de testes e apresentação dos técnicos estrangeiros (o que é proibido pela Lei), bastante diferente do que ocorreu verdadeiramente, o que será questionado em requerimento de impugnação e/ou correção a ser apresentados pelos membros presentes na ocasião, algo que foi acertado neste hangout.

O evento foi também retransmitido pelo Movimento Avança Brasil, RedeBrasil. Net, dentre outros, gerando um grande efeito multiplicador. Quem tiver interesse em acompanhar os temas debatidos é só acessar o link:

3 Comentários

  1. Estão acontecendo outras ações juridicas por parte de mais advogados ou pessoas indignadas contra essa fraude do pregão? Contra o não cumprimento da lei 13.165/2015 na votação eleitoral de 2018? Como o cidadão pode exigir que a lei seja cumprida?

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.


*